Seminários - Colóquios - Conferências
Seminários, Colóquios e Conferências
A Divisão de Astrofísica do INPE organiza, semanalmente, seminários que são apresentados no Auditório do Prédio CEA II (INPE), nas terças-feiras às 15:00h. Acontecem também seminários especiais, que podem ter datas e horários distintos dos estabelecidos.

PRÓXIMOS SEMINÁRIOS
PALESTRANTE: Odylio Denis de Aguiar – DAS/INPE
DATA: 13/12/2016
LOCAL: Auditório - Predio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O que aprendemos com as primeiras detecções de ondas gravitacionais?

RESUMO: Em 11 de fevereiro de 2016 foi anunciada, pela Colaboração Cientifica LIGO (sigla LSC em ingles) e Colaboração Virgo, a primeira detecção de ondas gravitacionais, oriunda dos últimos momentos da coalescencia de um sistema binario formado por dois buracos negros de massas da ordem de 30 vezes a massa do Sol. Esta detecção ocorreu alguns meses antes, em 14 de setembro de 2015, durante a primeira corrida observacional do Advanced LIGO (sigla aLIGO em ingles). Com este evento, foi inaugurada a Astronomia/Astrofisica de Ondas Gravitacionais. Outra detecção, ocorrida em 26 de dezembro de 2015, foi anunciada em 15 de junho de 2016, juntamente com um evento frustrado, que nao atingiu estati­stica para ser considerado como verdadeiro. Nesta apresentação serao resumidos os principais resultados de todos os trabalhos das duas colaborações publicados sobre estas primeiras detecções.
LISTA COMPLETA SEMINÁRIOS 2016
AGOSTO
Data Título Palestrante Instituição
27/09/2016 A influência da fricção do vácuo quântico em pulsares Jaziel Goulart Coelho DAS-INPE
OUTUBRO
Data Título Palestrante Instituição
11/10/2016 Sonhando alto: notas para a história da construção do
Laboratório Nacional de Astrofísica
Antonio Augusto Passos Videira UERJ / CNPq
Data Título Palestrante Instituição
18/10/2016 Aplicações Cosmológicas do Campo Espinorial ELKO Alexandre Pinho dos Santos Souza UNESP
NOVEMBRO
Data Título Palestrante Instituição
01/11/2016 Nitrogen enrichment in star-forming galaxies from the CALIFA survey René Ortega Minakata Observatório
do Valongo / UFRJ
Data Título Palestrante Instituição
08/11/2016 Design and Development of the Brazilian Experimental Solar Telescope Luis Eduardo Antunes Vieira DGE-INPE
Data Título Palestrante Instituição
22/11/2016 O mega-telescópio GMT João Steiner IAG/USP
Data Título Palestrante Instituição
29/11/2016 A decisive way to test MOND on Earth with STEP Jonas Pedro Pereira UFABC
DEZEMBRO
Data Título Palestrante Instituição
06/12/2016 A influência da fricção do vácuo quântico em pulsares Jaziel Goulart Coelho DAS / INPE
Data Título Palestrante Instituição
13/12/2016 O que aprendemos com as primeiras detecções de ondas gravitacionais? Odylio Denis de Aguiar DAS / INPE
RESUMOS
PALESTRANTE: Antonio Augusto Passos Videira - UERJ / CNPq
DATA: 11/10/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Sonhando alto: notas para a história da construção do Laboratório Nacional de Astrofísica

RESUMO: O projeto astrofísico brasileiro está muito vinculado a uma instituição científica nascida nos anos 1980, o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), que inseriu definitivamente o Brasil nessa área de pesquisa. Sua história, no entanto, remonta ao sonho do observatório de montanha, concebido numa instituição do século XIX, o Imperial Observatório do Rio de Janeiro, depois Observatório Nacional (ON), e está relacionada a uma produtiva cooperação científica nacional e internacional que se estabeleceu sobretudo a partir da segunda metade do século XX. O objetivo deste artigo é apresentar esse sonho que virou projeto, inicialmente formulado por alguns poucos atores, que se transformou em realidade em 1980, com a instalação do então chamado Observatório Astrofísico Brasileiro (OAB), e que, por fim, construiu uma nova realidade para a pesquisa em astronomia no Brasil.
PALESTRANTE: Alexandre Pinho dos Santos Souza
DATA: 18/10/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Aplicações Cosmológicas do Campo Espinorial ELKO

RESUMO: Dentro da cosmologia, o modelo FRLW é considerado, pela comunidade científica, como aquele que melhor descreve o universo. Todavia, tal modelo sofre de alguns males que ainda precisam ser sanados. Entre eles se destacam o problema da constante cosmológica e o problema da coincidência cósmica. Atribui-se, neste modelo, a expansão acelerada do universo a um ente de origem desconhecida, chamado de energia escura. Parte da solução destes problemas está intimamente ligado em saber o que é essa energia escura.
Por outro lado, devido a propriedades intrínsecas do espinor ELKO, faz-se possível atribuir ao mesmo o papel de energia escura. Deste modo, constrói-se aplicações cosmológicas do ELKO que possibilitem a resolução completa ou parcial dos problemas mencionados. Estas aplicações consistem basicamente na análise do sistemas de equações de Friedmann oriundas da anexação do Lagrangeano do ELKO na ação de Einstein-Hilbert. Dentro desse sistema se insere a mão o possível decaimento do ELKO em outros elementos que constituem o universo. Com este se alivia o problema da coincidência cósmica, enquanto que se confirma que o ELKO pode figurar como energia escura por meio dos resultados do sistema geral.
Ao fim do trabalho se observa uma outra aplicação do ELKO, desta vez no cenário cosmológico de Einstein-Cartan. Neste se mostra que o modelo cosmológico que contém o ELKO, como energia escura, na presença de termo de torção é análogo ao modelo cosmológico $\Lambda(t)$.
PALESTRANTE: René Ortega Minakata (Observatório do Valongo / UFRJ)
DATA: 01/11/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Nitrogen enrichment in star-forming galaxies from the CALIFA survey

ABSTRACT: It is presented a study that focuses on the relation between the local (i.e. spatially-resolved) ionized gas nitrogen abundance and other properties of a sample of 100 star-forming galaxies from the CALIFA survey. This is developed by a collaboration between members of the LASEX group at Valongo Observatory at UFRJ and the GIFU group at the University of Guanajuato in Mexico. The galaxies were selected according to their loci in the BPT diagram, using emission-line ratios measured from their SDSS integrated spectra. It is compared the local nitrogen abundance (N/O) of different individual regions of these galaxies with their metallicity (O/H), the mean age and metallicity of their stellar populations, and the local fractions of young and old stellar populations. Using these pieces of information, we tested the hypothesis that the nitrogen enrichment of the gas phase in these galaxies is related to the intensity of successive bursts of star formation, with more bursts producing larger nitrogen enrichment. We found larger fractions of old stellar populations in nitrogen-rich regions, in agreement with the aforementioned hypthesis. Some of the projects that the GIFU group is currrently working on, and the perspectives that will be brought by new datasets like those obtained by ongoing surveys such as SAMI and MaNGA are also presented.
PALESTRANTE: Luis Eduardo Antunes Vieira - DGE-INPE
DATA: 08/11/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Design and Development of the Brazilian Experimental Solar Telescope

ABSTRACT: The Brazilian Experimental Solar Telescope is a solar vector magnetograph and visible-light imager to study solar processes through observations of the solar surface magnetic field. The instrument is designed to obtain full disk magnetic field and line-of-sight velocity observations of the photosphere. The project is being developed by the Brazilian's National Institute for Space Research (INPE), in collaboration with the Brazilian's National Laboratory for Astrophysics (LNA), the Engineering School of Lorena/University of São Paulo (EEL/USP), and, the Federal University of Minas Gerais (UFMG). Here we present the status of the project, the system requirements, the optical design and the concept demonstration model of the instrument. The instrument is composed by a Ritchey-Chrétien telescope with a 500 mm aperture and 4000 mm focal length, a polarization analyzer module, and a tuning Fabry-Perot filter for the wavelength scanning near the Fe II 630.25 nm line. Two large field-of-view, high-resolution 5.5 megapixel sCMOS cameras will be employed as sensors. We also describe the system engineering and project management approaches employed in this project.
PALESTRANTE: João Steiner - IAG/USP
DATA: 22/11/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O mega-telescópio GMT

RESUMO: Será apresentado um breve histórico da Astronomia Brasileira, principalmente nos aspectos observacionais. Também será apresentada uma perspectiva das futuras gerações de mega-telescópios. Em particular, será detalhado o GMT (Giant Magellan Telescope) – sua concepção e perspectivas científicas. Também será discutido o potencial de desenvolvimento instrumental e participação da indústria do estado de São Paulo, tendo em vista o investimento feito pela FAPESP.
PALESTRANTE: Jonas Pedro Pereira (postdoc at UFABC, Santo André, Brazil)
DATA: 29/11/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: A decisive way to test MOND on Earth with STEP

RESUMO: Modified Newtonian Dynamics, MOND, is probably one of the most successful/popular alternative theories to dark matter as it currently stands. Although MOND has been originally conceived with the purpose of explaining the surprising constancy of test particles' orbital velocities around galaxies (dubbed "flat rotation curves"), it has made several predictions (rather difficult to be naturally explained with dark matter's paradigm) which have been later on confirmed observationally. However, MOND still has some "unclear aspects", which don't seem auspicious to be investigated in the astrophysical context with the current available observables there. Therefore, new experimental ways and scenarios are crucial and pressing in order to independently probe MOND. In this seminar I show this can be precisely achieved with the Earth-based experiment called "Satellite Test of the Equivalence Principle", STEP, originally designed to solely probe the weak equivalence principle (universality of the free fall), without any changes of its currently planned characteristics. I also discuss the huge importance, nontriviality and implications of all that above mainly in the contexts of fundamental physics and dark matter. Precise details of this seminar can be found in PRL 117, 071103 (2016).
PALESTRANTE: Jaziel Goulart Coelho – DAS/INPE
DATA: 06/12/2016
LOCAL: INPE - Sala 90 do Prédio CEA I
HORA: 10h00

TÍTULO: A influência da fricção do vácuo quântico em pulsares

RESUMO: Acredita-se que os campos magnéticos na superfície dos pulsares poderiam ser tão elevados quanto o campo magnético crítico que vem da eletrodinâmica quântica (QED). Assim, é muito natural esperar que os efeitos quânticos desempenhem um papel muito importante nos processos físicos deste contexto. A este respeito, no entanto, o mecanismo de perda de energia intrinsecamente quântico conhecido como fricção do vácuo quântico (QVF) tem sido negligenciado na literatura. Neste trabalho abordamos a relevância e não trivialidade do QVF para a descrição de pulsares. Mais especificamente, mostramos que quando QVF é tomado juntamente com a radiação de dipolo magnético clássico, é possível explicar de uma forma simples e auto-consistente vários aspectos fenomenológicos de pulsares, sem a necessidade de campos magnéticos superficiais supercríticos ou outros mecanismos de perda de energia. Nossas análises também, naturalmente, implicam numa evolução dos campos magnéticos superficiais e da direção do dipolo magnético.
PALESTRANTE: Odylio Denis de Aguiar – DAS/INPE
DATA: 13/12/2016
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O que aprendemos com as primeiras detecções de ondas gravitacionais?

RESUMO: Em 11 de fevereiro de 2016 foi anunciada, pela Colaboração Cientifica LIGO (sigla LSC em ingles) e Colaboração Virgo, a primeira detecção de ondas gravitacionais, oriunda dos ultimos momentos da coalescencia de um sistema binario formado por dois buracos negros de massas da ordem de 30 vezes a massa do Sol. Esta detecção ocorreu alguns meses antes, em 14 de setembro de 2015, durante a primeira corrida observacional do Advanced LIGO (sigla aLIGO em ingles). Com este evento, foi inaugurada a Astronomia/Astrofisica de Ondas Gravitacionais. Outra detecção, ocorrida em 26 de dezembro de 2015, foi anunciada em 15 de junho de 2016, juntamente com um evento frustrado, que nao atingiu estati­stica para ser considerado como verdadeiro. Nesta apresentação serao resumidos os principais resultados de todos os trabalhos das duas colaborações publicados sobre estas primeiras detecções.
Informações:
JOSÉ ROBERTO CECATTO
jr.cecatto@inpe.br
(12) 3208 7221

Seminários Anteriores
2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001 | 2000
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE
Av. dos Astronautas,1.758 - Jd. Granja - CEP 12227-010 - Sao José dos Campos - SP - Brasil
Copyright 2014 © INPE/DAS - Todos os direitos reservados.