Seminários - Colóquios - Conferências
Seminários, Colóquios e Conferências
A Divisão de Astrofísica do INPE organiza, semanalmente, seminários que são apresentados no Auditório do Prédio CEA II (INPE), nas terças-feiras às 15:00h. Acontecem também seminários especiais, que podem ter datas e horários distintos dos estabelecidos.

PRÓXIMOS SEMINÁRIOS
PALESTRANTE: Dr. Odylio Denys de Aguiar (DAS/CEA)
DATA: 03/12/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Ondas Gravitacionais: perspectivas de sua detecção direta nos próximos 5 anos

RESUMO: Após quase cem anos decorridos desde a sua previsão por Einstein, em 1916, as ondas gravitacionais ainda não foram detectadas de forma direta. Quando isto ocorrer, estará aberta uma nova janela para a observação do Universo. Esta nova astronomia (de Ondas Gravitacionais), explorando o espectro gravitacional, deverá realizar novas descobertas (algumas das quais impossíveis de serem obtidas pela observação no espectro eletromagnético) que, muito provavelmente, revolucionarão o conhecimento que temos atualmente do Universo.

Neste seminário será abordada a questão desta detecção direta ocorrer nos próximos cinco anos. Para isto, será apresentada a situação atual das várias técnicas que estão sendo utilizadas para a sua detecção e as taxas previstas de eventos astrofísicos detectáveis em função da sensibilidade esperada para os detectores mais avançados.
LISTA COMPLETA SEMINÁRIOS 2013
MARÇO
Data Título Palestrante Instituição
05/03/2013 Dr. Adenilson Roberto da Silva PMM/INPE
12/03/2013 Drs. Joaquim, Alisson e Paulo INPE - SJC
19/03/2013 Mariana Penna Lima INPE/DAS
26/03/2013 Zulema Abraham IAG/USP
 
ABRIL
Data Título Seminarista Instituição
02/04/2013 Stephen P. Reynolds North Carolina State University
09/04/2013 Mariana Penna Lima INPE/DAS
16/04/2013 Dra. Daniela Lazzaro Observatório Nacional
30/04/2013 Dr. Carlos Alexandre Wuensche INPE/DAS
       
MAIO
Data Título Seminarista Instituição
07/05/2013 Fabio Cabral CEA/INPE/UERN
09/05/2013 Thomas S. Statler Ohio University
16/05/2013 André Leon S. Gradvohl UNICAMP
21/05/2013 Thiago Signorini Gonçalves UFRJ
28/05/2013 Reinaldo Rosa LAC/INPE
JUNHO
Data Título Seminarista Instituição
04/06/2013 Massimo Tinto Jet Propulsion Laboratory
11/06/2013 Alexander Sukhanov Space Research Institute (IKI) of the Russian Academy of Sciences
18/06/2013 Erico Luiz Rempel IEFM/ITA - DGE/INPE
25/06/2013 Transferido para 02/07/2013
JULHO
Data Título Seminarista Instituição
02/07/2013 Dr. João Braga DAS/INPE
 
AGOSTO
Data Título Seminarista Instituição
06/08/2013 Victor de Souza Magalhães INPE/DAS
14/08/2013 Dr. José Geraldo Pereira IFT/UNESP
20/08/2013 Haroldo F. de Campos Velho / Alexander Sukhanov LAC-INPE / ETE-INPE
27/08/2013 Riccardo Sturani ICTP
 
SETEMBRO
Data Título Seminarista Instituição
03/09/2013 Dr. Demétrio Bastos Netto INPE
10/09/2013 Sergio Pilling G. de Oliveira Univap/FVE
24/09/2013 Amaury de Almeida IAG/USP
 
OUTUBRO
Data Título Seminarista Instituição
01/10/2013 Alexandre A. Pimenta DAE/CEA/INPE
08/10/2013 Antonio Pereyra DAS/INPE
15/10/2013 José Angelo Neri DAS/INPE
22/10/2013 Wilton S. Dias UNIFEI - IAG/USP
NOVEMBRO
Data Título Seminarista Instituição
05/11/2013 Luis Eduardo A. Vieria INPE/DGE
12/11/2013 José Williams Vilas Boas DAS/SR*-CEA
19/11/2013 Carlos Alexandre Wuensche DAS/INPE
26/11/2013 Alexander L MacKinnon University of Glasgow, UK
DEZEMBRO
03/12/2013 Odylio Denys de Aguiar DAS/INPE
RESUMOS
PALESTRANTE: Dr. Adenilson Roberto da Silva - PMM/INPE
DATA: 05/03/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: O Que é Plataforma Multi Missão e qual o Estágio atual de Desenvolvimento.

RESUMO: Serão abordadas as principais características de uma plataforma multi missão, será feito um breve relato sobre a PMM (a plataforma multi missão em desenvolvimento no INPE) abordando principais características e estágio de desenvolvimento. Finalmente, será apresentado as missões candidatas a utilizar a PMM.
PALESTRANTE: Drs. Joaquim, Alisson e Paulo – INPE / São José dos Campos
DATA: 12/03/2013
LOCAL: Sala (CODE) de situação e cenários do EMBRACE, 2º andar do CEA 2
HORA: 15:00h

TÍTULO: Análise e previsão do Clima Espacial do INPE

RESUMO: O Programa do Clima Espacial do INPE (EMBRACE) está em operação diária com boletins de alerta e discussões de cenários sobre fenômenos solares que afetam a Terra. A operação do EMBRACE conta com um time de previsores nas áreas de competência da Astronomia Solar, Geofísica Espacial e Aeronomia com foco nas relações Sol-Terra. Na análise da dinâmica das tempestades solares o grupo de previsores realiza um "briefing" semanal sobre a situação das atividades da semana que passou e discute o provável cenário da atividade solar
dos próximos dias. Está é uma rotina de operação dos conhecimentos as áreas da CEA com aplicações para setores da sociedade envolvidos com tecnologias modernas que gostaríamos que conhecesse.

PALESTRANTE: Mariana Penna Lima – DAS/ INPE
DATA: 19/03/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Os aglomerados de galáxias são uma das fontes mais promissoras de informação para estudar modelos cosmológicos.

RESUMO: Neste seminário, revisaremos os ingredientes necessários para calcular a função de massa de halos de matéria escura e como associá-la aos aglomerados de galáxias levando em conta incertezas na relação massa-observável e no desvio para o vermelho fotométrico. Apresentaremos também uma nova verossimilhança, não binada, para a abundância de aglomerados. Com isso, utilizando o método de Monte Carlo e configurações do South Pole Telescope, mostraremos alguns casos em que estimadores de parâmetros cosmológicos possuem vieses e o tamanho desses em relação às barras de erro desses parâmetros.

PALESTRANTE: Zulema Abraham, Instituto Astronômico e Geofísico da USP - IAG
DATA: 26/03/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Eta Carinae as seen by ALMA.

RESUMO: Eta Carine was mapped with 23 antennas of the AL MA array in November 2012, in the continuum of 3 mm, 1.3 mm, 1 mm and 454 microns, the lowest submillimeter wavelength ever achieved, with resolution of 0.4 arcsec. Hydrogen recombination lines H42 alpha, H40 alpha, H30 alpha, H28 alpha and H22 alpha were also detected at these wavelengths. The radio maps showed a very strong compact structure coincident with the position of the binary system and spectrum of bremsstrahlung emission, with the turn over between optically thick and thin spectrum between 3 and 1.3 mm. The radio recombination lines are even stronger than the continuum, even at 454 microns, indicating departure of LTE and that the emitting region has electron densities in excess of 10^7 /cm^3 . The central velocity of the recombination lines coincides with the velocity of the Weigelt blobs. Besides the very strong unresolved source the radio maps show weak emission that extends for a few arc sec, with a structure similar to what was observed at higher wavelengths.
PALESTRANTE: Stephen P. Reynolds - North Carolina State University
DATA: 02/04/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: High-Energy Radiation from Supernova Remnants: Cosmic Rays and Supernova Physics in the NuSTAR Era

RESUMO: Since the launch of the Chandra X-ray Observatory, supernova remnant studies have entered a new phase enabling detailed inferences about shock acceleration of particles to high energies and about supernova properties. In particular, careful examination of Galactic supernova remnants of the last 2000 years has shown that two historical remnants, RCW 86 (SN 185 CE) and Kepler (SN 1604 CE), were Type Ia events that resulted from single-degenerate progenitor systems with mass loss. Combinations of X-ray and infrared studies with the Spitzer Space Telescope allow the determination of shock-acceleration efficiencies in Kepler. The youngest Galactic remnant G1.9+0.3 is the only brightening supernova remnant, with implications for the physics of particle acceleration and magnetic-field amplification in shocks. G1.9+0.3, along with Cassiopeia A, shows evidence for radioactive decay of 44Ti produced in the supernova. Both these objects are targets for detailed investigation with NuSTAR, the first hard X-ray imaging mission. I shall summarize the status of these ongoing investigations.
PALESTRANTE: Mariana Penna Lima – DAS/ INPE
DATA: 09/04/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Viés nos estimadores de parâmetros cosmológicos obtidos com a abundância de aglomerados de galáxias

RESUMO: Os aglomerados de galáxias são uma das fontes mais promissoras de informação para estudar modelos cosmológicos. Neste seminário, revisaremos os ingredientes necessários para calcular a função de massa de halos de matéria escura e como associá-la aos aglomerados de galáxias levando em conta incertezas na relação massa-observável e no desvio para o vermelho fotométrico. Apresentaremos também uma nova verossimilhança, não binada, para a abundância de aglomerados. Com isso, utilizando o método de Monte Carlo e configurações do South Pole Telescope, mostraremos alguns casos em que estimadores de parâmetros cosmológicos possuem vieses e o tamanho desses em relação às barras de erro desses parâmetros.
PALESTRANTE: Dra. Daniela Lazzaro – Observatório Nacional
DATA: 16/04/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Asteróides potencialmente perigosos para a Terra: o projeto IMPACTON e além

RESUMO: Os asteroides em órbitas próximas da Terra são considerados potencialmente perigosos em virtude da possibilidade de colisão com a Terra. Estudos estatísticos indicam que aproximadamente 70% dos objetos com tamanho capaz de causar grandes catástrofes na Terra (entre centenas de metros até alguns quilômetros), e próximos à órbita terrestre, ainda não foram descobertos. O recente bólido que atingiu uma cidade na Rússia mostrou claramente o potencial destruidor destes corpos. Para evitar futuras catástrofes não é necessário apenas se conhecer toda essa população de pequenos corpos, mas também caracterizar suas propriedades físicas. Essas características são fundamentais seja para melhor entender sua origem seja na definição da melhor técnica a ser utilizada no caso de se identificar um objeto em rota de colisão com a Terra. Neste seminário vamos apresentar as pesquisas nesta área realizadas no Observatório Nacional, em particular, a implantação e primeiros resultados do projeto IMPACTON, e de outros projetos futuros.
PALESTRANTE: Dr. Carlos Alexandre Wuensche – INPE / São José dos Campos
DATA: 30/04/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Radiação Cósmica de Fundo em Microondas e o satélite Planck: resultados e perspectivas

RESUMO: Serão discutidos os resultados recentes do satélite Planck e de outros instrumentos que estudam a Radiação Cósmica de Fundo em Microondas (RCFM). As novas medidas, confirmações e descobertas serão comentadas, bem como as perspectivas para medidas de polarização e anisotropias secundárias nos próximos anos.
PALESTRANTE: Fabio Cabral - Pos-Doc da Divisão de Astrofísica/CEA - INPE.
Professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte
DATA: 07/05/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Investigando o Universo acelerado com medidas de distância, radiação cósmica de fundo e estruturas em larga escala

RESUMO: O Universo passa atualmente por uma fase de expansão acelerada conforme demonstrado por múltiplas observações complementares. Dispomos atualmente de uma boa quantidade de medidas que podem ser classificadas em três categorias: (1) medidas de distancia, tais como SNIa, BAO e CMB shift parameter; (2) CMB; e (3) estruturas em larga escala (LSS). Do ponto de vista teórico, podemos explicar satisfatoriamente as medidas de distância com duas abordagens distintas: introduzir uma nova componente de energia no contexto da Relatividade Geral ou modificar a teoria de gravidade. Em ambas as abordagens, testes estatísticos usando SNIa, BAO e CMB shift parameter não são capazes de descartar modelos. O uso de dados de CMB e LSS para remover essa degenerescência entre modelos é recente. No estado atual, além de desenvolver a técnica de análise, ainda precisamos de dados de LSS de melhor qualidade. Neste seminário, falaremos sobre o desenvolvimento da técnica baseada na correlação cruzada entre CMB e LSS. Utilizamos como traçadores de LSS a distribuição de fontes luminosas como galáxias e aglomerados, o efeito Sunyaev-Zeldovich e o efeito de lentes gravitacionais.
PALESTRANTE: Dr. Thomas S. Statler – Division of Astronomical Sciences, U. S. National Science Foundation, and Astrophysical Institute, Ohio University.
DATA: 09/05/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Photon rockets and killer asteroids: radiation recoil as an evolutionary driver in the solar system

RESUMO: The recoil due to the reflection and emission of photons from a Sun-irradiated surface is a major driver of dynamical evolution for small asteroids—especially the sorts that pose an impact hazard for Earth. The net recoil force (the Yarkovsky effect) drives evolution of the orbital elements; the net recoil torque (the YORP effect) drives evolution of the spin rate and axis orientation. Both effects are sensitively dependent on the spin state; hence understanding how spins evolve under the influence of YORP is crucial for understanding how orbits evolve under the influence of Yarkovsky. Previous work showed that monolithic, rigid asteroids should follow a largely deterministic "YORP cycle," with long phases of rotational acceleration and deceleration. I will demonstrate, however, that YORP is so hypersensitive to the detailed topography of the surface that slight motions of loose material can qualitatively alter the torque and interrupt the cycle. The fact that most asteroids are probably not monolithic, but instead loosely-bound aggregates, has led to suggestions that continuous YORP acceleration may drive centrifugal mass shedding and the formation of binaries. However, we have performed the first self-consistent simulations of the YORP effect on dynamically evolving aggregates, and the results indicate that acceleration is rarely continuous. Instead, repeated reconfigurations of the body under the changing centrifugal force result in a random walk in spin rate and obliquity. This stochastic YORP evolution is qualitatively different from the YORP cycle, and, moreover, correctly predicts the distribution of orbits for asteroid families evolving under the Yarkovsky effect. These results have significant implications for binary formation and the feeding of asteroids onto Earth-crossing orbits, as well as for our understanding of the material properties of potential impactors.
PALESTRANTE: Dr. André Leon S. Gradvohl – Faculdade de Tecnologia da UNICAMP.
DATA: 16/05/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15:00h

TÍTULO: Astronomia e Processamento de Alto Desempenho: convergências científicas.

RESUMO: A Ciência e a Astronomia do século 21 se deparam com o desafio de lidar com enormes massas de dados. Para armazenar e analisar esse tsunami de dados são necessários computadores para processá-los em tempo hábil, acelerando as pesquisas e a produção de conhecimento em ambas as áreas.
Essa palestra discutirá as aplicações de Processamento de Alto Desempenho (PAD) na Astronomia, incluindo alguns aspectos técnicos relativos às arquiteturas e modelos de programação para PAD, além de possibilidades de parcerias em projetos científicos na área de Astroinformática.
PALESTRANTE: Dr Thiago Signorini Gonçalves (Observatorio do Valongo/UFRJ)
DATA: 21/05/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: A formação de galáxias starburst: histórico dos últimos 10 bilhões de anos

RESUMO: Como as galáxias se formam? Estudos de galáxias starburst em alto redshift (1.5 < z < 3) revelam que estes objetos eram fundamentalmente diferentes do que é observado no presente, com morfologias irregulares e alta dispersão de velocidades. No entanto, seu estudo é notoriamente difícil, devido às distâncias envolvidas. O telescópio espacial GALEX, por outro lado, revelou uma amostra de objetos em baixo redshift (z ~ 0.2) com propriedades análogas aos starbursts em alto redshift, que permitem o estudo deste modo alternativo de formação de galáxias com grande detalhe. Neste seminário, apresentarei um resumo dos resultados observacionais mais importantes acerca desta amostra, utilizando uma variedade de instrumentos em diversos comprimentos de onda (Keck, HST, CARMA, Chandra). Nossos estudos comprovam que estes objetos são fisicamente semelhantes àqueles observados em alto redshift, e revelam novos segredos sobre os processos físicos envolvidos na intensa atividade de formação estelar destas galáxias.
PALESTRANTE: Dr Reinaldo Rosa (LAC/INPE)
DATA: 28/05/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Possível Participação Brasileira no Projeto KDUST

RESUMO: O KDUST (Kunlun Dark Universe Survey Telescope)[1] é um projeto do Governo Chinês para construção de um telescópio de 2,5m na estação chinesa de Kunlun localizada na Antártida. A finalização do projeto está prevista para 2016. O instrumento projetado para operar na faixa do infravermelho próximo, irá operar em condições de visibilidade excepcionais montado em uma torre com 14,5 m localizada assim acima da camada de turbulência atmosférica local. Neste seminário iremos apresentar informações básicas sobre o KDUST incluindo uma chamada para a participação brasileira no consórcio internacional, que está em fase de elaboração, comunicado durante a última edição da IAU realizada em Pequim em 2012. O LAC-INPE já formalizou um documento preliminar de interesse para aplicações de computação de alto desempenho na coleta automática de dados de supernova para pesquisas sobre a expansão do Universo, assunto que também será discutido neste seminário.
PALESTRANTE: Massimo Tinto - Jet Propulsion Laboratory
DATA: 04/06/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Space-based Gravitational Wave Interferometry: How cheap can it be?

RESUMO: The end of the NASA/ESA partnership for flying the Laser Interferometer Space Antenna (LISA) mission has prompted the scientific community to study new mission concepts capable of meeting most (if not all) LISA's scientific objectives at a lower cost. The Geostationary Gravitational Wave Interferometer (GEOGRAWI) mission was one of these gravitational wave mission concepts submitted to NASA, by the INPE group and myself, in response to the 2011 NASA's Request for Information (RFI). Although it was estimated to be scientifically comparable to, and significantly cheaper than, LISA, it was regarded to be still too expensive and not recommended for funding.
Recently I have reanalyzed the cost of the GEOGRAWI mission after discovering that several aerospace companies (such as Loral, Boeing, and Lockheed) offer to fly (for about US$30M) on their planned geostationary satellites additional cargos in the form of scientific instruments. By relying on such satellites and by developing a new gravitational reference sensor capable of working onboard these platforms, I have found that the mission cost could further be reduced to less than a fifth of LISA's, at an estimated value of about US$400M.
In this presentation I will review the GEOGRAWI mission concept and its scientific capabilities, sketch a recently proposed gravitational reference sensor that could be developed to work onboard commercial geostationary satellites, and provide a mission break-down cost.
PALESTRANTE: Alexander Sukhanov - Space Research Institute (IKI) of the Russian Academy of Sciences
DATA: 11/06/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: First Human Spaceflight: How That Was? - Em comemoração do 52º ano do voo de Yuri Gagarin.

RESUMO: A brief history of the Yuri Gagarin's spaceflight fifty two years ago is given in the presentation. Details of the flight preparation are considered. In particular, history of the Vostok launch vehicle and spaceship elaboration is described. Technological problems and challenges faced during the flight preparation are considered. Technical data of the launch vehicle and the spaceship are presented. Information about the successes and some unknown facts of the failures during the preparation of the first human spaceflight are given. Role of Sergey Korolev, head of the soviet space program till 1966, in the success of the first manned spaceflight is discussed. The question why the Soviet Union has won that round of the space race with the United States is pretended to be answered.
PALESTRANTE: Erico Luiz Rempel - Departamento de Matemática do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (IEFM/ITA) e Divisão de Geofísica Espacial do INPE
DATA: 18/06/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Campos magnéticos em dínamos hidromagnéticos

RESUMO: Campos magnéticos são ubíquos no universo, podendo ser observados em estrelas, discos de acreção, galáxias, no meio interplanetário e em magnetosferas de planetas. Frequentemente, a energia destes campos é equiparável, ou até mesmo superior, à energia cinética da turbulência local. Em discos de acreção, campos magnéticos são fundamentais no processo de acreção por meio da instabilidade magnetorrotacional, capaz de gerar a turbulência responsável pelo transporte de momento angular. Os campos magnéticos no universo estão relacionados com um processo de dínamo, que amplifica a energia magnética através de movimentos de um fluido condutor. Esta amplificação pode dar origem a estruturas magnéticas com escalas espaciais pequenas, comparáveis em tamanho com os turbilhões mais energéticos presentes no fluido, tais como as granulações na superfície do sol, ou a estruturas coerentes de grandes escalas, tais como as observadas no "diagrama de borboleta" do ciclo solar. Nesta palestra, mostraremos resultados de simulações numéricas de dínamos não-lineares por meio das equações de magnetohidrodinâmica em discos de acreção e na camada convectiva do sol. Serão mostradas, também, técnicas para a estração de estruturas coerentes responsáveis pelo transporte de escalares passivos e linhas de campo em fluidos magnetizados.
PALESTRANTE: Dr. João Braga - DAS/INPE
DATA: 02/07/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O Experimento protoMIRAX

RESUMO: O experimento de balão estratosférico protoMIRAX foi concebido para testar vários subsistemas do MIRAX em ambiente quase-espacial. A câmera de raios X do protoMIRAX é baseada em um conjunto de detectores CdZnTe (CZT), um colimador e uma máscara codificada. A câmera opera de 30 a 200 keV e campo de visada será de 20 x 20 graus, com uma resolução de aproximadamente 1,5 grau; a eletrônica associada aos detectores e o sistema de aquisição estão sendo desenvolvidos na DAS/CEA.  O projeto envolve vários outros subsistemas que estão em estágios avançados de desenvolvimento, entre os quais o subsistema de gestão de bordo, o segmento solo e o sistema de controle de atitude, este último desenvolvido em parceria com a empresa COMPSIS, de S. J. Campos. Neste seminário o experimento será apresentado e será discutido o status atual do projeto.
PALESTRANTE: Dr. José Geraldo Pereira – IFT /UNESP
DATA: 06/08/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Gravitational Waves: a foundational review

RESUMO: The standard linear approach to the gravitational waves theory is critically reviewed. Contrary to the prevalent understanding, it is pointed out that this theory contains many conceptual and technical obscure issues that require further analysis.
PALESTRANTE: Dr. Jacques Lepine - Universidade de São Paulo
DATA: 14/08/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O Projeto LLMA

RESUMO: O  LLAMA (Long Latin American Millimetre Array) é um projeto conjunto entre Brasil e Argentina visando instalar e operar uma antena de 12m de diâmetro nos Andes argentinos, para estudar o Universo em ondas milimétricas e sub-milimétricas. Os grupos responsáveis pelo projeto são, do lado brasileiro, o NARA (Núcleo de Radioastronomia da Universidade de São Paulo), e do lado argentino, o IAR (Instituto Argentino de Radioastronomia). O financiamento, do lado brasileiro, é feito pela FAPESP.
A antena será instalada a 4830 m de altitude, a cerca de 20 km de San Antonio de los Cobres, província de Salta. Trabalhará na maior parte do tempo no modo “single dish”, mas realizará experimentos de VLBI (Very Long Base Interferometry) com outros telescópios como ASTE, APEX e Itapetinga, sendo capaz de aumentar por um fator 10 a resolução angular do ALMA.
O conjunto de receptores previstos (similares ao do ALMA)  e a estratégia para sua construção serão discutidos no seminário.
PALESTRANTE: Haroldo F. de Campos Velho - LAC-INPE / Alexander Sukhanov - ETE-INPE
DATA: 20/08/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Missão ASTER: Primeiro Projeto Brasileiro de Espaço Profundo

RESUMO: A missão ASTER tem como principal objetivo a exploração de asteróide. O alvo é o sistema multi-corpos 2001 SN263, constituído de 3 corpos com movimento solidário de translação heliocentrica e pertence a classe NEO ("Near Earth Object"). Esta é uma missão científico-tecnológica. Há um grande interesse científico, pois esta é a primeira proposta de missão a um asteróide multi-corpos. A investigação inclui avaliação da dinâmica do sistema, estudo do campo gravitacional e de sua composição. Haverão também experimentos de exo-biologia que estão na pauta da missão. Além da pesquisa científica, a missão ASTER é uma janela de oportunidade para desenvolvimento tecnológico. A missão requer o uso/desenvolvimento de tecnologias espaciais que ainda não estão disponíveis no Brasil, além de testes de componentes e sub-sistemas para missões espaciais deste tipo. Por último, a missão poderá servir como estímulo para empresas brasileiras se agregarem ao desenvolvimento de produtos tecnológicos dentro deste tipo de requisitos. A missão ASTER é um esforço internacional do INPE e do IKI (Instituto de Pesquisas Espacais da Academia Russa de Ciências). No seminário, será apresentado uma descrição da plataforma da missão, sobre os experimentos e resultados preliminares de análise da missão.
PALESTRANTE: Dr. Riccardo Sturani - International Centre for Theoretical Physics (ICTP)
DATA: 27/08/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Gravitational waves from coalescing binaries

RESUMO: The large interferometers LIGO and Virgo are expected to start the gravitational astronomy era in a few years. After giving an overview of the past results and near future plan of the gravitational wave search campaign, the candidate sources for a first detection will be described, focusing on compact binary astrophysical systems. The signal emitted by coalescing compact binaries is particularly sensitive to the gravity laws ruling the source motion and thus represents an unprecedented window to study fundamental gravity.
PALESTRANTE: Dr. Demétrio Bastos Netto, Laboratório Associado de Combustão e Propulsão - INPE
DATA: 03/09/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O mar como fonte de energia

RESUMO: Água do mar: devíamos simplesmente queimá-la ou, quem sabe, olhar um pouco o nosso mar como fonte de energia? Assim, discutiremos as grandes energias utilizáveis no oceano ou seja a exploração dos gradientes térmicos entre a superfície e o fundo do mar (40x109 MW), a exploração dos gradientes de salinidade por exemplo na foz dos rios (1,4 x 109 MW), a exploração das correntes marítimas (5 x 106 MW), a exploração das marés (2,7 x 106 MW), a exploração das ondas (2,5 x 106 MW) e o aproveitamento do potencial da biomassa (274 x 106 MW). Discutiremos também sobre aspectos das Reservas Térmicas dos Oceanos e sobre os gradientes de salinidade (osmose) mostrando o potencial energético dos principais oceanos do mundo e finalmente a fusão termonuclear controlada e suas influências sobre o ser humano. Finalmente encerraremos com o balanço energético da natureza, i.e., do BIG-BANG ao pulo da pulga.
PALESTRANTE: Sergio Pilling G. de Oliveira, Professor integral nível 12 da Univap/FVE
DATA: 10/09/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Laboratorio de Astroquímica e Astrobiologia da UNIVAP - LASA: Pesquisas correntes e futuros desafios.

RESUMO: Com a ajuda da radioastronomia moderna, mais de 150 espécies moleculares, incluindo hidrocarbonetos, nitrilas, ácidos, álcoois e outros, foram detectadas em ambientes espaciais. Adicionalmente, a análise química de meteoritos tem revelado a presença de vários compostos prebióticos (por exemplo, aminoácidos, bases de DNA, açucares entre outros). Estas investigações têm reforçado a teoria de que a vida na Terra poderia ter uma forte componente extraterrestre. Dessa forma, o entendimento dos processos físico-químicos (ex. formação, ionização e destruição) acerca dessas espécies moleculares em ambientes astrofísicos torna-se essencial. Neste seminário daremos um panorama geral sobre o Laboratório de Astroquímica e Astrobiologia da Univap - LASA, financiado pela FAPESP (JP # 2009/18304-0) em parceria com a FVE/Univap, e mostraremos os tipos de pesquisa que estamos desenvolvendo na área. Serão ilustrados os seguintes temas: a simulação da superfícies congeladas de luas do sistema solar e cometas e a degradação de espécies químicas por fótons UV e raios X em ambientes espaciais simulados . Adicionalmente serão exibidos resultados sobre pesquisas realizadas recentemente em laboratórios parceiros no Brasil e no exterior com instrumentação semelhante utilizando outros agentes de ionização como íons rápidos e elétrons energéticos. Por fim apresentaremos, sob um ponto de vista experimental, os nossos desafios futuros.
PALESTRANTE: Dr. Amaury de Almeida, Universidade de São Paulo - IAG
DATA: 24/09/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Molecules in Comets

RESUMO: The most important scientific rationale for studying comets is to retrieve information on their origin, their relationship to interstellar and interplanetary material, and implications for the formation of the Solar System. In this seminar I will present the major past and future (Rosetta) space mission to comets, review the observations of molecules in comets, using UV, V, IR, and the emphasis on radio spectroscopy, which are essential to determine the molecular composition of the coma, showing the chemical diversity in comets with strong connection to interstellar matter and its possible interest for astrobiology, and discuss our present contribution to the understanding of comets and to open questions in comet chemistry.
The coming apparition of dynamically new comet C/2012 S1 (ISON) – perihelion in November 28, 2013 - with favorable observational geometry is a unique opportunity to use current instrumentation in radio spectroscopic monitoring observations with the ROI/INPE 13,7 m antenna in the K Band (18-26 GHz) to search for selected molecular species.
PALESTRANTE: Alexandre A. Pimenta, Divisão de Aeronomia/CEA/Inpe
DATA: 01/10/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Pesquisas na alta atmosfera em baixas latitudes utilizando técnicas óticas

RESUMO: Neste seminário serão apresentadas pesquisas desenvolvidas na divisão de aeronomia do Inpe, especificamente pela linha de pesquisa Fisat, e que tratam de fenômenos relacionados com o acoplamento entre a atmosfera neutra e ionizada. Alguns desses fenômenos envolvem instabilidades no plasma ionosférico, tais como bolhas de plasma e distúrbios ionosféricos propagantes de média escala (MSTID’s) e que resultam em irregularidades de grande escala na alta atmosfera/ionosfera em baixas latitudes no setor brasileiro.
PALESTRANTE: Antonio Pereyra, Pesquisador Visitante da Divisão de Astrofísica
DATA: 08/10/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Polarimetry of young stellar objects

RESUMO: Imaging and spectropolarimetry are powerful tools to study the circumstellar environment at small spatial scales of young stellar objects (YSOs). We will show as imaging polarimetry can be useful to determine the physical conditions of the disks associated to an intermediate-mass pre-main sequence binary system (PDS144). In addition, spectropolarimetry can be used to detect variable linear polarization along the emission profiles (line effect) in YSOs. This also can be used to constrain the geometry of the circumstellar disk associated with this objects. We will show some examples of ESPaDOnS data in its polarimetry mode used to resolve without ambiguity this line effect around Halpha in a sample of Herbig Ae/Be stars. In this context, scattering models for the circumstellar disk can be tested if a depolarization effect or qu-loops are observed around the line profile. Recent developments to recover the continuum polarization in ESPaDOnS data also will be shown.
PALESTRANTE: Dr. José Angelo Neri - Divisão de Astrofísica, INPE.
DATA: 15/10/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Airship for Space Applications

RESUMO: The design of the airship research platform TUCUXI emerges as one of the most promising alternatives to provide high performance for monitoring, research and wireless communication systems in the open Ocean (Blue Amazon), the Brazilian pre-salt and offshore challenges. This can be extended to the remote areas in the Amazon rain forest and in the Swamps region in the center of the Country These platforms present the solution to increase and to complement the remote sensing, communication systems capabilities and under special conditions can compete with geostationary satellites (GEO) as well as with those in low Earth orbit (LEO). Besides being an excellent instrument for aerospace research and development, the TUCUXI may lead to important applications in the areas of multi-spectral remote sensing and RADAR[1], surveillance, reconnaissance (ISR), commercial communication via radio (TV broadcast, radio, INTERNET etc)[2], military intelligence[3], differential GPS, and other wireless applications. The TUCUXI family brings along with them technical and commercial advantages of earth and satellite systems, without the disadvantage and limitations of each one of them.
PALESTRANTE: Dr. Wilton S. Dias. Prof. da UNIFEI e Pesquisador Visitante do IAG/USP
DATA: 22/10/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O Sol está numa posição privilegiada na Galáxia?

RESUMO: Resultados recentes de nossas pesquisas mostram que o Sol encontra-se próximo à região da Galáxia de menor densidade estelar, chamada raio de co-rotação. Nossos resultados são baseados em dados de aglomerados estelares, que podem ser considerados peças fundamentais para entender a estrutura de braços espirais de nossa Galáxia e consequentemente determinar a localização do raio de co-rotação. Para esse tipo de estudo é preciso determinar com precisão distâncias, idades e velocidades dos aglomerados estelares, bem como conhecer todos os aglomerados estelares que existem na Galáxia (estima-se 100 mil aglomerados!).
Neste seminário apresento os principais resultados obtidos pelo nosso grupo relacionados a órbita do Sol dentro da nossa Galáxia e ressalto os projetos em andamento como observações de aglomerados estelares.
PALESTRANTE: Dr. Luis Eduardo A. Vieria. - DGE - INPE
DATA: 05/11/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Evolution of the Solar Magnetic Flux and Irradiance during the Holocene

RESUMO: The solar electromagnetic and corpuscular emissions are strongly modulated by the evolution of the magnetic structure of the solar atmosphere, which is imprinted in the solar surface. The evolution of the magnetic structure leads to gradual changes of the solar activity (space climate) as well as violent events (space weather) that affect the whole heliosphere. In particular, the solar output affects the ionized and neutral components of the Earth’s atmosphere that have direct impact on human activities from agriculture to high-technological systems. The solar magnetism is driven by the energy transport from the inner layers of the solar structure to the solar atmosphere. Although systematic observations have revealed several features related to the evolution of the solar activity, there is not a complete explanation of the physical processes that lead to the solar activity cyclic variability and its long-term changes. Here we review observational and modeling efforts to constrain the evolution of the solar magnetic flux and irradiance during the Holocene. In this context, we discuss the proposal to develop a magnetograph and visible-light imager instrument to study the solar dynamo processes through observations of the solar surface magnetic field distribution. The instrument would provide measurements of the vector magnetic field and of the line-of-sight velocity in the solar photosphere. As the magnetic field anchored at the solar surface produces most of the structures and energetic events in the upper solar atmosphere and significantly influences the heliosphere, the development of this instrument plays an important role in reaching the scientific goals of The Atmospheric and Space Science Coordination (CEA) at the Brazilian National Institute for Space Research (INPE).
PALESTRANTE: José Williams Vilas Boas  DAS/SR* -CEA
DATA: 12/11/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: O Rádio Observatório do Itapetinga

RESUMO: Nesse seminário é feita uma breve introdução histórica sobre o Radio Observatório do Itapetinga (ROI), será apresentada sua infraestrutura atual e mostrada a região definida como Zona de Silêncio Elétrico (ZSE). Serão apresentados resultados de estudo de interferência eletromagnética realizados no Observatório na banda de 100 MHz a 3 GHz, bem como resultados da análise da superfície da antena de 14 m utilizando-se técnicas de fotogrametria. O monitoramento da umidade relativa ao longo de dezenas de anos mostra que a atmosfera no local é favorável a observações até 80 GHz. Finalmente serão apresentadas algumas atividades de pesquisa em andamento e os projetos em fase de implantação.
PALESTRANTE: Dr. Carlos Alexandre Wuensche, DAS/CEA, INPE
DATA: 19/11/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: The BINGO Telescope: The New 21 cm Window for Exploring the Dark Universe

RESUMO: BINGO is a unique radio telescope designed to make the first detection of Baryon Acoustic Oscillations (BAO) at radio frequencies by measuring the distribution of neutral hydrogen gas at cosmological distances. Along with the cosmic microwave background, the scale of BAO is one the most powerful probes of cosmological parameters, including dark energy. The partners in BINGO are Brazil, United Kingdom, Switzerland, Uruguay and Saudi Arabia. The overall cost of the project, including personnel costs, is estimated to be 3.5 million US dollars. The current request is for 1.34 million US dollars to fund primarily the capital cost of the components for the 50 receiver modules and their assembly. It is expected that assembly will take place in Brazil and that the majority of the components will also be supplied by Brazilian industry. An important motivation for the project is the training of Brazilian engineers and technicians in the skills required so that in the future they can produce state-of-theart radio astronomy systems. To this end the plan is for the prototype receiver module to be constructed and tested at the world-renowned Jodrell Bank Centre for Astrophysics in Manchester by a joint UK/Brazilian team. In this way the Brazilian team will acquire the skills required to assemble and test the remainder of the modules back.
PALESTRANTE: Dr Alexander L MacKinnon, Centre for Open Studies, University of Glasgow, UK
DATA: 26/11/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Acceleration of test particles near magnetic nulls

RESUMO: In solar flares and other astrophysical situations, particles are accelerated far beyond thermal energies. There are several candidate acceleration mechanisms whose relative importance is still debated. In this talk we will concentrate on particle acceleration in the electric field that accompanies magnetic reconnection. Test particle calculations study this process by integrating equations of motion in the presence of prescribed electric and magnetic fields. We describe test particle studies that aim to incorporate the "noisy" character of real plasmas in a couple of different ways: in the presence of a superposition of many MHD modes of the plasma; by including the effects of collisional energy loss and scattering. Implications for the particle distributions that can be attained in reconnection are drawn, and possible applications to solar flare X-ray and gamma-ray measurements briefly outlined.
PALESTRANTE: Dr. Odylio Denys de Aguiar (DAS/CEA)
DATA: 03/12/2013
LOCAL: INPE - Auditório do Prédio CEA II
HORA: 15h00

TÍTULO: Ondas Gravitacionais: perspectivas de sua detecção direta nos próximos 5 anos

RESUMO: Após quase cem anos decorridos desde a sua previsão por Einstein, em 1916, as ondas gravitacionais ainda não foram detectadas de forma direta. Quando isto ocorrer, estará aberta uma nova janela para a observação do Universo. Esta nova astronomia (de Ondas Gravitacionais), explorando o espectro gravitacional, deverá realizar novas descobertas (algumas das quais impossíveis de serem obtidas pela observação no espectro eletromagnético) que, muito provavelmente, revolucionarão o conhecimento que temos atualmente do Universo.

Neste seminário será abordada a questão desta detecção direta ocorrer nos próximos cinco anos. Para isto, será apresentada a situação atual das várias técnicas que estão sendo utilizadas para a sua detecção e as taxas previstas de eventos astrofísicos detectáveis em função da sensibilidade esperada para os detectores mais avançados.
Informações:
JOSÉ WILLIAMS DOS SANTOS VILAS BOAS
jboas@das.inpe.br
(12)3208-7140

Seminários Anteriores
2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001 | 2000
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE
Av. dos Astronautas,1.758 - Jd. Granja - CEP 12227-010 - Sao José dos Campos - SP - Brasil
Copyright 2014 © INPE/DAS - Todos os direitos reservados.